Entrou em uma guerra de preços com seu concorrente? Pare agora e comece a agregar valor ao seu produto!

Eu estou conversando com muitos amigos nos últimos meses que estão preocupados com o futuro das suas empresas. Alguns já tem consciência que vão precisar aumentar o faturamento de uma forma muito rápida nos próximos meses, pois correm o risco de não superar a queda nas vendas causadas pela pandemia. Grande parte deles, para manter a circulação da sua mercadoria, começou a fazer uma guerra de preços com a concorrência, e isso acabou comprometendo ainda mais a saúde das suas empresas.

Um dos grandes equívocos que os vendedores cometem é pensar que vão melhorar as vendas baixando os preços, e por consequência, vão faturar mais. Porém, isso não é necessariamente verdade.

Há uma maneira de faturar mais, sem precisar entrar em uma guerra de preços com a concorrência. Na verdade, na grande maioria das vezes, essa guerra traz prejuízos para você e também para as duas empresas que estão disputando o mercado.

Uma sugestão que eu costumo dar para os meus amigos é que eles agreguem valor aos produtos. Veja bem, preço é diferente de valor. Isso acontece porque quando o cliente olha para o seu produto, ele imagina o quanto ele quer pagar. Ele faz uma mentalização do preço, provavelmente com base no que ele viu lá no seu concorrente.

Mas no processo de vendas, você precisa convencer ele que o seu produto tem um valor maior, ou seja um valor agregado em comparação ao do teu concorrente. Desta forma, ele não vai pensar duas vezes, vai levar o teu produto, mesmo que ele tenha que desembolsar um pouquinho a mais de dinheiro.

Existem muitas formas de fazer isso. Você pode trabalhar melhor a forma com que você apresenta o seu produto ao cliente.

Business people rushing towards success

Já pensou que as redes sociais são uma vitrine?

E esta vitrine pode fazer com que o cliente deseje muito comprar o teu produto. Você já pensou que muitos clientes pagam mais caro um produto por ele ter um processo de produção que foca na qualidade? Muitos clientes pagariam mais caro se soubessem a qualidade e o cuidado que você tem na produção daquilo que você vende.

Essa comunicação precisa ser melhor que a do teu concorrente, pois assim, você não vai precisar fazer um grande investimento, e nem baixar o valor do seu produto para manter a sua lucratividade.

Lembre-se sempre. O cliente define o preço do seu produto, mas é você que vai definir o valor dele.

Mantenha suas vendas em alta, não deixa seu faturamento cair a ponto de colocar em risco a sua empresa. Confira neste artigo como criar campanhas internas e desafiar sua equipe.

Reinvente a comunicação com seu cliente e lucre mais!

Entenda o “Ponto de Valor” do seu cliente e venda mais!

Você já parou para pensar que quanto melhor você conhece o seu cliente, mais fácil é para você vender para ele? Além de vender mais fácil, você vai vender por um preço melhor. Mas tudo começa com tema central, que se chama “Ponto de Valor”.

Você precisa saber qual é o seu ponto de valor para poder se posicionar no mercado, e também saber qual é ponto de valor do seu cliente, para que você consiga oferecer para ele um produto ou serviço adequado, e desta forma poder vender mais e por um preço melhor.

O “Ponto de Valor” é àquilo que importa para o seu cliente. Saiba quais são os pontos que interessam para ele no momento de fechar uma venda. Vamos dar um exemplo de uma pessoa que vende um produto ou serviço para empresários. Os pontos de valor para um empresário são: ter mais lucro; ter mais cliente; ter mais tempo para a família; ter mais segurança no futuro; ter mais segurança sobre a situação econômica do país. Todos esses assuntos importam para o seu cliente, e por isso importam para você também, pois eles são facilitadores no momento de vender.

Um bom vendedor precisa analisar o seu ponto de valor e o ponto de valor do seu cliente com muita assertividade.  Vamos analisar o exemplo de um vendedor comissionado, que vende para 20% das pessoas que ele oferece o seu produto. Se ele tiver acesso diário à 10 pessoas, vai fechar duas vendas; mas se ele ter acesso a 100 pessoas todos os dias, ele vai fechar 20 vendas. Então o ponto de valor para ele é “Ter acesso a mais pessoas”. 

O vendedor precisa pensar desta forma, entender o que traz mais valor para ele para fechar mais vendas, mas acima disso, saber qual é o ponto de valor do seu cliente, pois são os temas relacionados que vão ampliar as suas vendas.