Marketing de Conteúdo: o que é, como usar?

Você já deve ter ouvido falar em marketing de conteúdo, mas não entendeu qual a diferença do marketing digital, não é? Então, marketing de conteúdo é uma estratégia especializada na criação e distribuição de conteúdo.

Esses conteúdos devem ser relevantes, terem um “valor” agregado, ou seja, sãs informações, conhecimentos repassados que podem ajudar as pessoas que terão acesso a esse conteúdo.

Como construir marketing de conteúdo?

1º Tenha em mente o que deseja divulgar, essas informações devem resolver uma necessidade, promover a reflexão, ou seja, tocar na dor da pessoa;

2º Na elaboração do texto utilize gatilhos mentais

3º Destaque a sua atuação, explicando que você tem mais conteúdo para informar

4º Apresente esse conteúdo de forma gratuita

Construa seu material baseado em três diferentes tipos de conteúdo:

Técnico – informações especificas sobre determinado produto ou serviço;

Persuasivo – utilize gatilhos mentais e técnicas de copywriting;

Inspiração – utilize depoimentos, mensagens, frases que causam emoção e conexão com quem está lendo;

Formatos

O conteúdo pode estar em um vídeo, uma imagem, um artigo, um infográfico.

Não basta ter uma boa imagem e um bom layout, é preciso ter material relevante para chamar a atenção das pessoas.

Ideias de conteúdos

Se você trabalha no ramo de imóveis, pode produzir conteúdo relacionado a financiamentos, taxas de juros, novos empreendimentos, cuidados com a casa, dicas de como escolher um imóvel, maneiras de render mais seu investimento.

Já para alguém que trabalha com vendas de roupas, as tendências de cada estação, significado das cores, dicas de moda são boas opções de conteúdo.

Da mesma forma quem trabalha com venda de veículos ou com seguro de carro, é preciso passar um conteúdo relevante para seu potencial cliente. Informações sobre itens de viagens, depoimentos de segurados que tiveram problemas e receberam auxílio da segurado, dados sobre a venda de veículos, números de acidentes, enfim uma infinidade de assuntos que podem ser abordados.

Não importa o seu segmento, seja do ramo funerário ao de fabricação de etiquetas, é possível geral um conteúdo relevante voltado para sua área de atuação.

Planejamento

Antes de você começar a escrever precisa ter um planejamento, definindo objetivos e estratégias para atingir seu público alvo.

A escolha dos temas, forma de escrever, palavras chaves, tudo isso faz diferença no material que você estará produzindo.

Antes de começar a publicar, monte um cronograma de conteúdo, dessa forma você consegue se organizar melhor e distribuir a publicações nos dias e horários que verificar que é mais conveniente, ou seja, que você poderá ter uma maior audiência.

Qual a diferença que o marketing de conteúdo pode fazer?

É como separar o joio do trigo, na internet você encontra todo tipo de conteúdo, mas aquele te que impacta mais, fazendo com que você invista parte do seu tempo para ler são os que agregam valor de alguma forma para você.

Promessas vazias, publicações fúteis e inúteis não vão conquistar sua audiência.

É preciso estar atento as tendências e usar seu conhecimento a favor.

Marketing de Conteúdo bem elaborado serve para:

Entre os benefícios de utilizar o marketing de conteúdo está o de criar autoridade;

Criar um relacionamento com a sua audiência;

Fazer com que as pessoas confiem em você e gostem de você;

Fortalecer sua marca, é lembrado na hora de decisão de compra;

Auxilia a não ter ou a matar objeções na hora da venda;

Possibilita que você venda com preços mais altos, construindo valor para seu produto ou serviço.

Driblar a concorrência.

Espero que tenha gostado! Grande abraço!

Saiba conquistar o coração do seu cliente

Hoje eu vou escrever sobre um assunto que muitos empresários não dão tanta importância, pois focam a sua energia e seu investimento exclusivamente no produto, e esquecem que há algo essencial na venda que não tem relação alguma com o produto. E eu vou te dar uma dica que eu sempre costumo trabalhar durante as consultorias e palestras que eu sou convidado a participar. Para você vender mais você precisa conquistar o coração das pessoas, você precisa se conectar a elas.

É extremamente importante que o vendedor entenda que vender é basicamente comunicação. Pois para vender ele precisa saber se comunicar com o cliente. Não interessa qual é o seu produto ou serviço, o que interessa é o que você fala sobre o seu produto ou serviço.

O vendedor precisa se desenvolver ao ponto de ter o máximo de assertividade na sua comunicação. Ele precisa falar com convicção e literalmente acertar o coração das pessoas. O vendedor precisa fazer a pessoa se conectar com ele, e desta forma ele vai ser seguido e respeitado, e consequentemente vai começar a vender mais daquilo que ele vende. Essa é a mágica, esse é o desafio.

Para o vendedor ser assertivo, ele precisa se desenvolver para entender mais sobre pessoas. Ele também precisa conhecer o que eu chamo de “gatilho mental”, pois ele é chave que vai fazer com que o cliente vai se conecte com o vendedor.

Quando você utiliza o gatilho mental, você ganha a tenção das pessoas, e com uma boa técnica de venda, sendo rápido, curto e assertivo, o vendedor vai mostrar como o seu produto ou serviço pode ajudar as pessoas nas necessidades que elas têm.

Você utiliza os gatilhos mentais? Eles podem fazer você vender mais!

Uma das estratégias mais eficientes para aumentar as vendas, é a utilização dos gatilhos mentais na comunicação com os clientes. Esses gatilhos mentais podem aparecer de diferentes formas, como por exemplo a curiosidade, o medo, a escassez. Por isso, muitos anúncios enfatizam expressões como “As últimas Unidades” ou, “Saiba como perder 5 quilos em 10 dias”.

Esses gatilhos mentais sempre são conectados a outro elemento essencial, que a solução de um problema, além disso, também vão exercer um papel muito importante, que é o de qualificar o seu público. Desta forma, quando as pessoas se deparam com uma frase como “Perca 5 quilos em 10 dias”, automaticamente as pessoas que não precisam perder peso vão ignorar o teu anúncio, e isso é algo positivo, pois não é bom para o vendedor dedicar tempo em pessoas que não vão se tornar seus clientes. O gatilho mental seleciona as pessoas que tem um problema que pode ser solucionado por um vendedor específico.

É importante entender que o anúncio tem três elementos: a imagem, o título e o texto, e todos esses elementos devem servir como gatilhos mentais. A imagem serve para captar a atenção das pessoas. Muitas pessoas não estão vendendo o que poderiam, por acreditar que a imagem não é vendedora, mas ela é! Pense bem, leva menos de um segundo para uma imagem passar em frente ao seus olhos, e o vendedor precisa ser inteligente para fazer as pessoas pararem quando estão deslizando o dedo na tela no celular. A imagem é o primeiro gatilho mental.

Quando a pessoa parar, ela é abordada pelo segundo gatilho mental, pois o cliente vai ter contato com título do anúncio. E se esse título tiver um gatilho mental, essa pessoa vai ler o texto. E esse texto precisa ser curto e deve conter elementos que fazem com que as pessoas passem a acessar os teus canais e interagir com o vendedor para efetivar uma compra.

Todo bom vendedor precisa utilizar esses gatilhos quando vai fazer uma venda. Pois eles podem economizar tempo e dinheiro, além de multiplicar as vendas, aumentando o seu faturamento desde o momento que você implante esta maneira de se comunicar com seu cliente.

Acerte na comunicação com seu cliente e fature mais!

Não importa o que você vende, há situações que valem para todos os vendedores, independente do produto ou ser serviço que ele oferece para o cliente. A comunicação é uma destas situações, pois vender é fundamentalmente se comunicar bem com o cliente.

Todo o vendedor precisa saber que para conquistar o cliente, ele precisa se comunicar bem, ou seja, falar bem com as pessoas. Eu sempre costumo dizer que o importante não é o vendedor focar no seu produto ou serviço, o mais importante é o que ele fala sobre o produto ou serviço.

Se você quiser vender algo para alguém, você precisa ser assertivo. Você precisa falar com convicção e acertar o coração das pessoas.

Você precisa falar de modo que faça as pessoas se conectarem com você, seguir você, respeitar você, e finalmente comprar o seu produto. Essa “mágica” não é simples, na verdade é um grande desafio, pois você precisa entender muito sobre as pessoas.

E para você superar esse desafio você vai utilizar os “gatilhos mentais”, ou seja, é àquilo que vai te conectar com as pessoas. E o grande segredo neste ponto é que no momento em que você tem a atenção das pessoas, você precisa ser rápido, curto e assertivo em mostrar para as pessoas como o seu produto ou serviço vai ajudar ela a resolver uma necessidade.